I am pathetic.
theme by nee-d. don't copy.
Outro dia liguei o rádio e ouvi que faziam um concurso entre os ouvintes procurando uma definição para o amor. As respostas eram muito ruins, até dava para se pensar que nem ouvintes nem locutores entendiam nada de amor realmente; o lugar-comum é mesmo o refúgio universal, que livra de pensar e dá, a quem usa, a impressão de que mergulha a colher na gamela da sabedoria coletiva e comunga das verdades eternas. O que alias pode ser verdade. A ideia de definição me ficou na cabeça e resolvi perguntar por minha conta. Tive muitas respostas. A impressão geral que me ficou do inquérito é que de amor entendem mais os velhos do que os moços, ao contrario do que seria de imaginar. E menos os profissionais que os amadores  digo os amadores de arte de viver, propriamente, e os profissionais do ensino da vida. Dona Alda que já fez bodas de ouro, diz que o amor é principalmente paciência. Indaguei: e tolerância? Ela disse que tolerância é apenas paciência com um pouco de antipatia. E diz que amor é também companhia e amizade. E saudade? Não, saudade não: saudade se tem das pessoas, das alegrias das coisas da mocidade, da infância dos filhos. Mas do amor? Não. Afinal, o amor não vai embora. Apenas envelhece, como a gente. […] E por último tem a matrona sossegada que explica: “Amor? Amor é uma coisa que dói dentro do peito. Dói devagarinho, quentinho, confortável. É a mão que vem da cama vizinha, de noite, e segura na sua, adormecida. E você prefere ficar com o braço gelado e dormente a puxar  sua mão e cortar aquele contato, tão precioso ele é. Amor é medo  medo de quase tudo  da morte, da doença, do desencontro, da fadiga, do costume, das novidades. Amor pode ser uma rosa e pode ser um bife, um beijo, uma colher de xarope. Mas o que amor é, principalmente, são duas pessoas neste mundo
~ Rachel de QueirozAmor. (via p-erishing)

Carta para teu melhor amigo.

Oi seu doido, como vai às coisas? Continua rindo de tudo? Continua feliz? Espero que sim. Tanto tempo amigos né, não sei como você me aguenta, eu te irrito muito. Mais você também me irrita um pouco, não gosto quando você vem e me pergunta - lembra do tempo da Mônica? É eu sei que era gordinha e dentuça mais não precisa me lembrar disso hsuahsuh, nessa época nós já estudávamos juntos, dançávamos quadrilha […] muito bom aquele tempo. Hoje ainda estudamos juntos, e na aula cantamos musicas do patati patata hsauhsuash. Já cansei de escuta perguntas do tipo: Você gosta dele?; Vocês são namorados? . Foda-se se os outros acham que deveríamos ficar juntos, pra mim esta perfeito do jeito que esta, nós somos como irmãos. Brigas é todo tempo, mais não importa quantas brigas a gente tiver, nada vai destruir nossa amizade. Te amo, meu melhor amigo.   ▬ Isabela Gomes (naoseapaixonegarota)


tumblrbot asked: WHAT IS YOUR FAVORITE INANIMATE OBJECT?

ativei a ask